A GNA (Ghana News Agency), uma das agências de notícias mais antigas da África, onde grande parte das empresas do setor ainda depende de meios analógicos para entregar seus despachos aos assinantes, anunciou nesta terça-feira (6/11) que adotará “em breve” plataformas digitais para melhorar a entrega de seus serviços aos clientes e ao público.

E, nesta quinta-feira (8/11), a China efetivou uma doação de 50 mil cedis (cerca de US$ 10,2 mil) em equipamentos à agência africana. Continuar lendo “Agência de Gana adotará plataforma digital para fornecer serviços”