Busca

Agências de Notícias

blog sobre agências de notícias e temas relacionados

Tag

ABr

A Agência Brasil não é uma empresa independente, mas sim um serviço prestado pela EBC (Empresa Brasil de Comunicação), estatal criada em 2007 pelo Governo Federal. A EBC trata a ABr como “um site”, mas ela ainda assim cumpre o papel de uma agência, que é fornecer conteúdo para a mídia – neste caso, especialmente importante para a mídia do interior e alternativa. Desde 2012, a ABr tem serviços de tradução de algumas matérias selecionadas para inglês e espanhol, e acordos de cooperação com a Télam argentina e a Lusa portuguesa. Ela é sucessora da Agência Nacional, criada em 1937 por Getúlio Vargas, rebatizada em 1979 como EBN (Empresa Brasileira de Notícias) e extinta em 1988 por decreto de José Sarney. Só em 1990, sob Fernando Collor, é que a Agência Brasil passou a existir com o atual nome. Mas a política editorial e a cultura profssional da agência foram totalmente reformuladas em 2003, no primeiro ano do governo Lula.

Agência Brasil dá versão oficial de Temer… e mais nada

A Agência Brasil, a agência de notícias oficial do Estado brasileiro, divulgou uma única notícia na noite desta quarta-feira (17/5) sobre a gravação que mostra o chefe da junta golpista, Michel Temer, autorizando o suborno do ex-deputado preso Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para garantir o seu silêncio. Nela, o lide é a versão do golpista-mor, negando o fato documentado. A agência, subordinada à EBC, que teve sua direção sequestrada por Temer logo após o golpe de 2016, não distribuiu nenhum outro texto sobre o assunto desde o início da cobertura, detonado às 19h30 com a publicação da notícia das gravações pela coluna do jornalista Lauro Jardim, no jornal carioca O Globo. Continuar lendo “Agência Brasil dá versão oficial de Temer… e mais nada”

Anúncios

Agência Brasil sofre nova reestruturação após o golpe

Foi publicada na última quarta-feira, a de cinzas (1/3), a nova “modelagem” da estrutura organizacional da EBC, incluindo mudanças na Agência Brasil – a agência de notícias oficial do país. As alterações, oficializadas pela Portaria 126/2017, modificam a reforma administrativa que já tinha sido feita em novembro de 2016 (Portaria 945), depois que Laerte Rimoli foi confirmado como interventor na estatal pela junta governativa golpista. Continuar lendo “Agência Brasil sofre nova reestruturação após o golpe”

Boletim da semana: 19 a 25 de fevereiro de 2017

A semana foi de atividades internas e asperezas na maioria das agências monitoradas. Um novo design para a versão digital do manual de redação da AP, acordo entre agências do Irã e Albânia, farpas entre agências da Síria e Turquia, e a estreia em português da plataforma de conteúdo para clientes não-mídia da AFP. Confira o boletim desta semana. Continuar lendo “Boletim da semana: 19 a 25 de fevereiro de 2017”

Uma história da Agência Brasil desde tudo que veio antes dela

A Agência Brasil, agência de notícias nacional do país, foi criada oficialmente em 1990, no governo de Fernando Collor. Mas, desde mais de meio século antes, já havia no Brasil iniciativas precursoras de agências nacionais, a serviço da sociedade brasileira e geridas pelo Estado – mais especificamente, pelo governo federal. É essa visão que dois pesquisadores acadêmicos defendem em um novo artigo apresentado recentemente: “Da Agência Nacional à Agência Brasil: o jornalismo de agências e o Estado brasileiro“. Continuar lendo “Uma história da Agência Brasil desde tudo que veio antes dela”

Governo e PT pagam a conta por não terem investido em agência de notícias

(por Pedro Aguiar)

Os correspondentes que cobrem a crise política brasileira agora já entendem um pouco melhor os meandros do nosso sistema – único, singular, ímpar no mundo. Quando começaram a mandar matéria, no segundo semestre do ano passado, a maioria estava mais perdida que cego em tiroteio. Mesmo alguns que já estão baseados no país há anos tiveram certa dificuldade, no início, para explicar como é que uma presidente sabidamente ilesa de qualquer acusação de corrupção estava sofrendo impeachment por causa de uma tecnicalidade contábil e não por nada objetivamente relacionado ao escândalo da investigação em curso. Continuar lendo “Governo e PT pagam a conta por não terem investido em agência de notícias”

Cobertura da Agência Brasil sobre crise busca equilíbrio mas dá mais voz a governistas

(por Juliana Lisboa e Pedro Aguiar)

A Agência Brasil, serviço noticioso oficial da EBC (Empresa Brasil de Comunicação), tem buscado cobrir a crise política no país com pluralidade e isenção, ainda que fontes do lado governista ganhem mais espaço em seu conteúdo. O blog Agências de Notícias analisou 172 matérias relacionadas ao momento político atual publicadas pela ABr entre os dias 14 e 17 de março, entre as duas manifestações contra (13/3) e a favor do governo (18/3). Continuar lendo “Cobertura da Agência Brasil sobre crise busca equilíbrio mas dá mais voz a governistas”

Uma esperança para a cooperação jornalística na América Latina

(Pedro Aguiar, no Observatório da Imprensa)

Uma boa notícia para o jornalismo latino-americano: entrou em operação na quinta-feira (24/4), depois de mais de um ano de adiamentos, o portal Ansur.am, que reúne conteúdo produzido pelas agências de notícias membros da ULAN – União Latino-Americana de Agências de Notícias. Agora, notícias de países da América Latina serão reunidas numa fonte unificada, com informações produzidas em cada país por jornalistas locais, e não por olhares estrangeiros. A representante brasileira na iniciativa é a Agência Brasil, subordinada à EBC (Empresa Brasil de Comunicação), do governo federal. Continuar lendo “Uma esperança para a cooperação jornalística na América Latina”

Chefe da Agência Brasil denuncia “campanha obscura” contra serviço

A coordenadora da Agência Brasil, Lana Cristina do Carmo, denunciou que existe uma “campanha obscura” para desacreditar o serviço, pertencente à Empresa Brasileira de Comunicação (EBC), segundo a agência de notícias equatoriana ANDES. Continuar lendo “Chefe da Agência Brasil denuncia “campanha obscura” contra serviço”

Agência Brasil

A Agência Brasil não é uma empresa independente, mas sim um serviço prestado pela EBC (Empresa Brasil de Comunicação), estatal criada em 2007 pelo Governo Federal. A EBC trata a ABr como “um site”, mas ela ainda assim cumpre o papel de uma agência, que é fornecer conteúdo para a mídia – neste caso, especialmente importante para a mídia do interior e alternativa. Desde 2012, a ABr tem serviços de tradução de algumas matérias selecionadas para inglês e espanhol, e acordos de cooperação com a Télam argentina e a Lusa portuguesa. Ela é sucessora da Agência Nacional, criada em 1937 por Getúlio Vargas, rebatizada em 1979 como EBN (Empresa Brasileira de Notícias) e extinta em 1988 por decreto de José Sarney. Só em 1990, sob Fernando Collor, é que a Agência Brasil passou a existir com o atual nome. Mas a política editorial e a cultura profissional da agência foram totalmente reformuladas em 2003, no primeiro ano do governo Lula. Continuar lendo “Agência Brasil”

Blog no WordPress.com.

Acima ↑