[https://www.ip.gov.py/ip/agencia-ip-cumple-10-anos-reivindicando-la-informacion-como-servicio-publico/]

Assunção, IP.- A Agencia de Información Paraguaya (IP) completou uma década de existência neste sábado (19/1) como órgão de comunicação que reivindica o fornecimento de informação como um serviço público que atua em favor da população, segundo seu próprio comunicado, traduzido pelo blog e republicado abaixo:

Criada em 2009 [pelo governo de Fernando Lugo] sob o amparo institucional da então Secretaria de Informação e Comunicação para o Desenvolvimento (hoje Ministério de Tecnologias da Informação y Comunicação), a IP se posicionou como um dos principais órgãos de canalização da informação proveniente do Estado paraguaio.

A IP é uma permanente fonte de consulta por parte de veículos de comunicação nacionais e estrangeiros em busca de notícias, ao estabelecer a celeridade e a responsabilidade como princípios de sua atividade informativa cotidiana.

As áreas cobertas incluem os três poderes do Estado, com ênfase particular nas ações do Poder Executivo, e a IP disponibiliza de maneira livre, através de seu website, textos e recursos audiovisuais de acordo com as exigências da qualidade jornalística.

Primeira equipe da IP, em 2009

A agência também pôs à disposição da população o seu aplicativo para dispositivos móveis, facilitando o acesso dinâmico dos usuários. Da mesma forma, ela atualmente tem importantes presença e interação por meio das redes sociais.

Igualmente, as parcerias estabelecidas nestes anos com agências estrangeiras possibilitaram que os conteúdos gerados pela IP pudessem ser reproduzidos em outras partes do mundo. Télam (Argentina), Notimex (México), Sputnik (Rússia), EFE (Espanha), Yonhap (Coreia do Sul) são algumas das agências com as quais a IP mantém um intercâmbio permanente, além da TV NHK (Japão).

IP usada como fonte de informação para televisão

A IP é a primeira agência de noticias do Estado paraguaio e seu funcionamento atende ao que está estabelecido pela Constituição Nacional em relação ao direito do cidadão de receber informação veraz, responsável e equânime, assim como nas garantias do acesso democrático e pluralista aos meios de comunicação dependentes do Estado.

Ministro dá os parabéns

Pelo Twitter, o ministro de Tecnologias a Informação e Comunicação (Mitic), Alejandro Peralta Vierci, parabenizou e destacou o trabalho realizado diariamente por toda a equipe da Agência IP.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios