O boletim semanal do blog Agências de Notícias retorna este mês, desta vez para ficar. Confira as novidades breves do setor das agências de notícias no Brasil e no mundo, tanto as grandes empresas quanto as menores, alternativas e iniciantes.

AP reforça equipe em Washington para cobrir a Era Trump – Alegando a necessidade de cobrir “o nível inédito de mudança política com o novo governo Trump”, a agência norte-americana Associated Press aumentou sua equipe em Washington a partir deste mês, segundo o blog da empresa. Pelo menos sete jornalistas serão contratados ou deslocados para a capital dos Estado Unidos, além da mudança de função nas equipes de setoristas da Casa Branca, do Congresso, do Departamento de Estado e de outros órgãos do governo ianque. A setorista de Casa Branca na AP, Julie Pace, será mantida na função. Segundo a AP, a equipe de jornalismo investigativo, chefiada por Ted Bridis, vai trabalhar de maneira mais próxima com os setoristas do Capitólio e da Casa Branca. Além disso, os bureaux da AP no resto do país vão continuar a produção da série de reportagens “Divided America”, que desde junho de 2016 aborda as opiniões políticas polarizadas na sociedade dos Estados Unidos.

AFP_us-inauguration-2017.jpg

 

Editora de foto da AFP nos EUA relata preparação para cobertura da posse de Trump – A editora de fotografia da agência francesa AFP para América do Norte, Eva Hambach, publicou no blog AFP Correspondent sua experiência na preparação para cobertura da posse de Donald Trump, na sexta-feira (20/1). É a terceira cobertura fotográfica de posse presidencial nos EUA que ela comanda para a agência. Desta vez, 38 fotógrafos e videojornalistas da AFP foram mobilizados, capturando imagens da cerimônia em vários pontos da capital norte-americana (mapa acima). Vários deles utilizaram a tecnologia de câmeras esféricas, que produzem imagens em 360 graus de visualização.

Ex-presidente da agência da Áustria vai comandar a DPA – O jornalista austríaco Peter Kropsch, que foi diretor-presidente da agência APA (Austria Press Agency) entre 2009 e 2016, foi anunciado na sexta-feira (20/1) como novo chefe da agência alemã DPA (Deutsche Presse-Agentur), ocupando o mesmo posto. Kropsch, de 52 anos, começou a carreira como repórter de economia na sucursal vienense da agência alemã VWD (Vereinigte Wirtschaftsbienste), especializada em informação financeira. Entrou para a APA em 1996 e, 13 anos depois, chegou ao comando máximo da agência, que é a principal da Áustria. Agora terá sob sua chefia os mais de mil jornalistas da agência do país vizinho. Entre 2012 e 2014, Kropsch também presidiu a EANA (Aliança Europeia de Agências de Notícias).

CONVITE_HEROIS-1.jpg

Livro registra histórias de jornalistas de agências em Portugal – Foi lançado em Lisboa, no dia 5 de janeiro, o livro “Heróis Anónimos 2: jornalismo de agência – história da Lusitânia e da ANI (1944–1975)“, de Wilton Fonseca e António Santos Gomes. É o segundo volume de uma série que recupera histórias de jornalistas portugueses que trabalharam para as agências oficiais e não-oficiais que antecederam a Lusa, nas décadas do regime salazarista. Segundo o blog português Agências Noticiosas, o primeiro volume da série foi publicado em maio de 2016, e o terceiro reunirá depoimentos sobre a história das quatro agências (Lusitânia, ANI, ANOP e Lusa). “A trilogia pretende dar a conhecer a estrutura e o modo de funcionamento das agências noticiosas portuguesas que antecederam a Lusa e também os jogos políticos que marcaram o surgimento, o desenvolvimento e o fim das quatro empresas. A obra inclui uma série de documentos inéditos, que os autores reputam de grande importância para os estudiosos da história dos meios de comunicação social em Portugal”, diz o blog.

Agência nacional da Noruega escolhe AP como fornecedora de conteúdo internacional – A agência de notícias norueguesa NTB, a maior do país escandinavo, fechou um acordo com a Associated Press para receber o noticiário internacional da congênere norte-americana em multiformato: texto, fotos e vídeo. Segundo comunicado oficial da agência nova-iorquina, a NTB, que já usava fotos da AP há vários anos, começou a usar também os textos em maio de 2016 e, a partir deste mês de janeiro, acrescentará notícias em vídeo ao serviço disponibilizado a seus clientes. A NTB, fundada em 1867, é a maior agência de notícias da Noruega, tendo a maioria dos veículos noruegueses entre seus clientes. Todos eles passarão a receber também os serviços da AP por meio dela. É a primeira agência de notícias nacional na Escandinávia a assinar um acordo do tipo com a Associated Press.